ADRIMAG

Temos 28 visitantes em linha
Entrada MAGazines
Montanhas Mágicas® | MAGazine nº 21 PDF Enviar por E-mail
Notícias - MAGazines
Quinta, 10 Agosto 2023 16:46

Dois factos marcam esta edição da Magazine Montanhas Mágicas: os 30 anos da ADRIMAG e a conclusão do ciclo do programa CLDS4G nos 6 municípios da zona de intervenção da associação.

Foi a 27 de agosto de 1991 que foi criada a Associação de Desenvolvimento Rural Integrado das serras de Montemuro, Arada e Gralheira, por um grupo de 11 associados privados, aos quais três anos mais tarde se associariam os Municípios. Agregava então 7 concelhos que tinham como matriz fundamental a ruralidade e visando o desenvolvimento integrado e harmonioso deste território das montanhas mágicas do Montemuro, Arada e Gralheira. Iniciava-se um projeto absolutamente estruturante nesta região.

Motor impulsionador de todo o território, com uma estratégia assente no trabalho em parceria, e fazendo o melhor uso dos fundos provenientes da então Comunidade Económica Europeia, agora União Europeia, a ADRIMAG foi responsável por projetos e dinâmicas que mudaram esta região, atraindo novas pessoas e negócios e melhorando as condições para os que cá residem, intervindo em áreas tão diversas como a gestão de fundos comunitários e nacionais, o turismo sustentável ou a edução e formação de adultos.

Figura absolutamente basilar nestes 30 anos de atividade tem sido o seu coordenador quase desde o início, João Carlos Pinho, a quem deixo em meu nome e em nome de todos os autarcas e demais parceiros antigos e atuais ligados à ADRIMAG um vivo e sentido agradecimento, agradecimento este que é extensível a toda à equipa que coordena. O valor e mérito da sua liderança estão patentes nos resultados alcançados pela associação ao longo destas 3 décadas.

Tendo passado de 1 funcionária para os atuais 46 colaboradores, a ADRIMAG teve, nas palavras do seu coordenador, um crescimento exponencial, “com a introdução de novas valências, nomeadamente na área social”, área esta em que se destaca o programa CLDS4G, que agora chega ao fim, e cujo trabalho e impacto também se encontra em destaque nas páginas subsequentes.

Visando promover a inclusão social de grupos populacionais que revelem maiores níveis de fragilidade social, como é o caso da população idosa, nomeadamente a residente nas aldeias serranas, mobilizando a ação integrada de diversos agentes e recursos locais, tendo-se constituído como um importante instrumento de combate à exclusão social como dão conta disso os diversos testemunhos que são dados a conhecer nesta revista.

O programa CLDS4G teve também um papel crucial na emergência de dinâmicas territoriais que permitiram a valorização da nossa identidade, dos nossos saberes e tradições, trabalhando para termos comunidades mais capacitadas, revitalizadas e resilientes. É urgente assim proceder-se ao lançamento do próximo ciclo do programa. Interromper o trabalho efetuado, o que estamos certos não irá acontecer, seria voltar uma vez mais ao esquecimento estes territórios e as suas gentes que continuam a resistir e a mostrar que interior também rima com inclusão.

Margarida Belém
Presidente da Direção da ADRIMAG

 

Nota: A revista em formato papel já se encontra disponível gratuitamente nos locais habituais (Sede da ADRIMAG e Postos de Turismo dos 7 municípios).

MAGazine nº 21
Capa

 

 
Montanhas Mágicas® | MAGazine nº 20 PDF Enviar por E-mail
Notícias - MAGazines
Quarta, 10 Maio 2023 10:46

Uma revista é também um exercício de memória. A Revista das Montanhas Mágicas muito particularmente. Olhar para trás ajuda-nos a pensar para a frente. Por isso, nenhum exercício de memória é desperdício.

No caso desta publicação, procuramos dar conta das atividades, das iniciativas, do trabalho de fundo contínuo da ADRIMAG junto das comunidades do vasto território das Montanhas Mágicas. O futuro é composto de passado.

Começando por uma iniciativa que abraça toda a área de abrangência da ADRIMAG: o Concurso de Fotografia Montanhas Mágicas – Património, Pessoas e Paisagens, em que se promove a descoberta dos nossos múltiplos patrimónios, a criatividade na fotografia, a divulgação da natureza deslumbrante com que somos abençoados. No culminar desse concurso, uma exposição itinerante, levada aos sete municípios que integram as Montanhas Mágicas. Nas páginas seguintes, parte das imagens que nos lembram que a Natureza foi particularmente generosa connosco.

E depois, o trabalho da ADRIMAG nas suas diferentes vertentes, no âmbito dos Contratos Locais de Desenvolvimento Social. O trabalho junto dos mais idosos, especialmente os das aldeias mais remotas, junto dos jovens, das crianças e das famílias.

Como denominadores comuns, como traço de união em todas essas dimensões, a valorização dos saberes ancestrais, a passagem desses mesmos saberes às gerações mais novas, a gastronomia e o património imaterial que constitui. As atividades de natureza, que dão relevo ao que temos de melhor: as paisagens, o ar limpo e livre, as águas frescas e transparentes. Observatórios de natureza, caminhadas, trilhos e percursos por lugares que conhecemos e que se nos tornam novos, por lugares desconhecidos que passam a ser nossos, depois de os percorrermos.

A revista das Montanhas Mágicas atravessa as estações. Guarda-as para memória futura. Voltando ao início destas palavras de abertura: olhar para trás ajuda-nos a pensar para a frente. A ADRIMAG é orgulhosa do seu passado, do seu património de memórias. Também por isso é que é tão determinadamente focada no futuro.

Assim seja sempre.



Até breve,

João Carlos Pinho
Coordenador da ADRIMAG

 

Nota: A revista em formato papel já se encontra disponível gratuitamente nos locais habituais (Sede da ADRIMAG e Postos de Turismo dos 7 municípios).

MAGazine nº 20
Capa

 

 
Montanhas Mágicas® | MAGazine nº 19 PDF Enviar por E-mail
Notícias - MAGazines
Sexta, 13 Maio 2022 16:46

Quando pensávamos que o vírus nos daria tréguas e que poderíamos começar a recuperar algum sentido de normalidade, eis que uma guerra se inicia em direto, televisionada, acompanhada ao segundo por um mundo que sustém a respiração. E então, imagens que pensámos não voltar a ver, surgem debaixo dos nossos olhos. Há lições que o mundo parece não aprender!

Por isso, este editorial, escrito neste contexto, reveste-se de um caráter particularmente difícil. Especialmente porque esta edição se dedica a rememorar os dias felizes que, apesar de tudo, aconteceram nos meses de verão e outono.

A capacidade de reinvenção dos CLDS coordenados pela ADRIMAG não esmoreceu, não se deixou vencer pelo prolongar da pandemia. Ao contrário, saiu reforçada. Se já havia planos B, no momento de planear atividades e de definir rumos, agora há planos C e D e E. Todos os que forem necessários, para que cheguemos às pessoas. Aos lugares. Por mais recônditos que sejam. O isolamento não é uma fatalidade, uma inevitabilidade, nos territórios onde existem CLDS. Eis uma conclusão, das muitas conclusões, a extrair da ação continuada destes programas. Há um antes e um depois. Noção que também perpassa nas entrevistas que fizemos aos diretores dos Centros Distritais da Segurança Social de Aveiro e Viseu, Fernando Mendonça e Márcia Martins e a quem manifestamos a nossa gratidão, pela pronta disponibilidade e pela generosidade que imprimiram aos seus testemunhos. Para a ADRIMAG, enquanto entidade coordenadora de seis CLDS, distribuídos por seis concelhos das Montanhas Mágicas, é um desafio e um orgulho podermos ser um traço de união.

Para memória futura, as visitas aos idosos das aldeias mais isoladas de cada um dos nossos concelhos de abrangência. As atividades pensadas ao detalhe para ver os olhos das crianças a brilhar e a pedirem para voltar, na hora de ir embora. A música e o cinema e a alegria que conseguimos levar a sítios onde há muito não se ouviam risos e conversas à solta. O património imaterial. As histórias de vida. O respeito pelos rostos marcados pelo tempo, pelas mãos marcadas pelo trabalho. Os guardiões da(s) memória(s) dos nossos territórios. É o futuro a escrever-se, página a página.

Uma das prioridades, num território tão abençoado pela Natureza: a questão ambiental. Que, no caso da ADRIMAG, não é uma abstração, uma preocupação discursiva ou de circunstância. Muito concreto, o declinar do trabalho desenvolvido junto das populações e em parceria constante com as autoridades competentes. Também esse dado permanente, Nas páginas seguintes, uma cronologia ainda atravessada pela pandemia mas, revestida de esperança e de vontade de futuro. Há palavras que nunca devem deixar de fazer parte do nosso glossário interior e coletivo. Especialmente em tempos sombrios como os que atravessamos. Muito especialmente nesses tempos sombrios. Haja esperança! Haja futuro!

Até breve!

João Carlos Pinho

Nota: A revista em formato papel já se encontra disponível gratuitamente nos locais habituais (Sede da ADRIMAG e Postos de Turismo dos 7 municípios).

Clique para ver a edição on-line
 
Montanhas Mágicas® | MAGazine nº 18 PDF Enviar por E-mail
Notícias - MAGazines
Sexta, 24 Setembro 2021 16:46

As Montanhas Mágicas não são "só" um território. Mais do que tudo, mais do que nunca, as Montanhas Mágicas são as pessoas que as habitam. É essa a marca principal da ADRIMAG, bem explícita no logotipo que nunca quisemos alterar ou reformular, ao longo dos nossos 30 anos de existência e que este ano assinalamos. Nesse logotipo, a paisagem compõe um rosto. Foi esse, desde o início, o nosso foco, o nosso desígnio. Nenhum território progride, evolui, sem esse dado imprescindível e basilar: AS PESSOAS.

Nesse sentido, e ainda com uma pandemia presente, dedicamos esta edição ao trabalho continuado dos Contratos Locais de Desenvolvimento Social de 4ª Geração coordenados pela ADRIMAG, nos seis territórios que estes abrangem: Arouca, Castelo de Paiva, Castro Daire, São Pedro do Sul, Sever do Vouga e Vale de Cambra, cujos presidentes de câmara quisemos ouvir, relativamente ao impacto do trabalho das diversas equipas nos seus municípios, assim como as suas perspetivas de futuro, no que concerne ao contributo que estes projetos podem dar, no sentido da melhoria de vida das comunidades em que estão inseridos.

Cumprindo as sucessivas normas sanitárias em vigor, procedendo a todas as adaptações possíveis e fazendo uso de uma criatividade sem precedentes, os CLDS 4G coordenados pela ADRIMAG tiveram sempre bem presente o seu e nosso foco: AS PESSOAS. Por isso, nos seus diversos raios de ação, os nossos Contratos Locais de Desenvolvimento Social continuaram a fazer o que fazem melhor: agiram, fizeram acontecer, não se resignaram às circunstâncias excecionais que atravessámos. Apoiaram as famílias, foram sempre uma palavra amiga e disponível para os idosos em isolamento, acompanharam as pessoas em situação de desemprego, desenvolveram iniciativas de índole
ambiental, foram sinal de futuro e de esperança para as crianças e para os jovens. Uma enumeração que constituiria, por si só, todo o editorial. Mas, melhor do que essa enumeração, serão as páginas que se seguem, com alguns exemplos do que foi possível fazer acontecer nos seis concelhos, não obstante o contexto pandémico e tudo o que o mesmo implicou.

Tempos desafiantes e difíceis têm em si a particularidade de nos fazer medir bem a matéria de que somos feitos e de procurarmos estar à altura das circunstâncias enquanto indivíduos, enquanto coletivo. Na ADRIMAG, a celebrar 30 anos num ano atravessado por uma pandemia, este tempo é o de contemplarmos (orgulhosos) o passado e de olharmos (esperançosos) o futuro. Sempre com o nosso foco bem presente: AS PESSOAS. Foi por isso que tudo começou há trinta anos, no dia 27 de agosto de 1991. É por isso, também, que a ADRIMAG continuará!

Com um forte abraço e votos de muita saúde,

Até breve!

João Carlos Pinho

Nota: A revista em formato papel já se encontra disponível gratuitamente nos locais habituais (Sede da ADRIMAG e Postos de Turismo dos 7 municípios).

Clique para ver a edição on-line
 
Montanhas Mágicas® | MAGazine nº 17 PDF Enviar por E-mail
Notícias - MAGazines
Segunda, 11 Janeiro 2021 16:46

SUSTENTABILIDADE.

Este é o tema em destaque na 17ª edição da revista MONTANHAS MÁGICAS. Não é um tema novo, nem tão pouco inexplorado, pelo contrário, é um tema que está cada vez mais na ordem do dia e que, sendo transversal a diversas áreas, nomeadamente ambiental, económica, social e cultural, merece, também, toda a nossa atenção.

Sendo o turismo, a cultura e o ambiente, áreas prioritárias de atuação no contexto do projeto MONTANHAS MÁGICAS, convidámos Ignace Schops, Presidente da Federação EUROPARC, bem como Luís Pedro Martins e Pedro Machado, presidentes da Turismo do Porto e Norte e da Turismo Centro de Portugal, respetivamente, a apresentarem a visão das instituições que representam, sobre esta temática.

Cátia Camisão, Presidente da FNAJ – Federação Nacional das Associações Juvenis, fala-nos do papel ativo dos jovens no contexto da sustentabilidade ambiental. E porque a cultura e as tradições não podem ser descuradas no âmbito de um processo de desenvolvimento sustentável, Filipa Pereira, animadora sociocultural na ATASA – Associação Turística e Agrícola da serra da Arada, partilha algumas noções de sustentabilidade cultural na prática do canto a vozes. Fique, ainda, a par de algumas ações que têm vindo a ser desenvolvidas nos 7 Municípios do território MONTANHAS MÁGICAS no âmbito da conservação da natureza.

E porque as caminhadas e os passeios de bicicleta são duas modalidades eco sustentáveis de descoberta do território, deixamos-lhe algumas sugestões de percursos pedestres e de BTT, para que possa desfrutar da natureza e contemplar paisagens repletas de cor e magia.

Qualquer que seja o motivo da sua visita às MONTANHAS MÁGICAS, fique por cá e desfrute do conforto e aconchego das unidades de alojamento que lhe propomos.

E já que falamos de sustentabilidade, porque não consumir local? Encontre nesta edição algumas propostas de espaços onde poderá tirar o melhor partido da gastronomia e produtos locais. Mas não fique por aqui. O território tem muito mais para ver, experimentar e saborear! Sempre que puder, compre no comércio local. Além de apoiar a economia de proximidade, encontrará muitos motivos para ficar satisfeito.

Aproveito a oportunidade para, em nome da Direção e de toda a Equipa Técnica da ADRIMAG, desejar a todos um ano de 2021 mais confiante, próspero e com muita saúde!

Até lá, boas leituras e boas aventuras, pelas MONTANHAS MÁGICAS!

Até breve!

Nota: A revista em formato papel já se encontra disponível gratuitamente nos locais habituais (Sede da ADRIMAG e Postos de Turismo dos 7 municípios).

Clique para ver a edição on-line
 


Pág. 1 de 4

Estamos em processo de adoção do novo acordo ortográfico.