ADRIMAG

Temos 33 visitantes em linha
Entrada Âmbito Geral Montanhas Mágicas® integram a Estratégia de Eficiência Coletiva PROVERE "TURISMO PARA TODOS"
Montanhas Mágicas® integram a Estratégia de Eficiência Coletiva PROVERE "TURISMO PARA TODOS" PDF Enviar por E-mail
Notícias - Âmbito Geral
Sexta, 26 Outubro 2018 14:42

Foi aprovada no dia de 1 de outubro de 2018, em reunião da Comissão Diretiva do NORTE 2020, a Estratégia de Eficiência Coletiva (EEC) PROVERE e respetivo Programa de Ação (PA) “Turismo para Todos”.

A EEC e PA PROVERE “Turismo para Todos” abrange os 11 municípios que compõem a CIM do Tâmega e Sousa, bem como 2 municípios pertencentes à Área Metropolitana do Porto - Arouca e Vale de Cambra. A definição do território correspondente a esta EEC e PA PROVERE, resulta da junção das 3 EEC implementadas no período de programação anterior, ou seja, a EEC PROVERE “Montemuro, Arada e Gralheira”, liderada pela ADRIMAG, a EEC “Rota do Românico”, liderada pela Rota do Românico” e a EEC “Paisagens Milenares do Douro Verde”, liderada pela Dólmen.

Foto: www.HeartofEverywhere.com

Foto: Heart of Everywhere

A atual EEC e PA PROVERE “Turismo para Todos”, é liderada pela CIM do Tâmega e Sousa, sendo que a ADRIMAG é uma das entidades parceiras do Consórcio constituído para a sua gestão e implementação. De acordo com o modelo de governação definido para este Consórcio a ADRIMAG é responsável pela gestão / implementação do Programa de Ação (projetos âncora e complementares), nos municípios de Arouca e Vale de Cambra, e pela gestão / implementação dos projetos complementares no município de Castelo de Paiva.

Os 16 projetos âncora que integram o Programa de Ação perfazem o valor de 10.304.009,30€ de investimento total, ao qual corresponde a comparticipação FEDER e 8.029.094,00€. O mesmo PA prevê, ainda, a implementação de 346 projetos complementares.

No que diz respeito aos projetos âncora serão investidos, no território Montanhas Mágicas, mais de 3 milhões de euros, distribuídos pelos seguintes municípios e projetos:

Arouca
- Estrutura de acolhimento à Ponte Suspensa do Paiva
- MURA - Museu da Raça Arouquesa 1ª fase
- Passadiço desde a Ponte suspensa do Paiva ao "MURA”
- Percurso de Interpretação e Observação da Frecha da Mizarela

Castelo de Paiva
- Requalificação e Valorização Turística da Zona Envolvente à Ponte das Travessas e Rio Sardoura
- Requalificação Paisagística do Santo Adrião

Cinfães
- Parque Rural de Campismo e Autocaravanismo de Mourilhe

Vale de Cambra
- Casa da Broa de Paraduça
- Centro Interpretativo da Serra da Freita

Apenas os projetos âncora dispõem de envelope financeiro específico e poderão ser candidatados no âmbito da Prioridade de Investimento 8.9 do POR NORTE 2020. Os projetos complementares poderão ser candidatados ao abrigo de avisos de abertura de candidaturas a publicar no âmbito do DLBC, SI2E, PDR2020, NORTE 2020 ou outras linhas de financiamento em que sejam, legal e regulamentarmente, enquadráveis.

Na sequência da aprovação da EEC e PA PROVERE “Turismo para Todos” a ADRIMAG solicitou o agendamento de uma reunião com a Presidente da Comissão Diretiva do POR CENTRO 2020, Professora Ana Abrunhosa, no sentido de ser avaliada a possibilidade de financiamento de projetos âncora nos municípios de Castro Daire, São Pedro do Sul e Sever do Vouga, pelo facto destes municípios (pertencentes às Montanhas Mágicas e à anterior EEC e PA PROVERE Montemuro, Arada e Gralheira) não terem ficado abrangidos, neste período de programação financeira, por qualquer EEC e PA PROVERE, com consequências negativas no desenvolvimento da estratégia de desenvolvimento turístico sustentável do território. Importa referir que estes municípios são inteiramente de baixa densidade, territórios aos quais são destinadas as EEC PROVERE.

 

Estamos em processo de adoção do novo acordo ortográfico.