ADRIMAG

Temos 91 visitantes em linha
Entrada CRER Workshop – Mercado de Soluções para o Desenvolvimento Local
Workshop – Mercado de Soluções para o Desenvolvimento Local PDF Enviar por E-mail
Notícias - CRER
Quinta, 16 Outubro 2008 12:40

15 de Outubro, Hotel Rural Monte do Carmo – Azaruja, Évora – 10h00

21 de Outubro, Hotel Montemuro – Castro Daire – 10h00
Projecto CRER e GLOCAL – Acção 3 EQUAL

A ADRIMAG vai participar, enquanto parceira do projecto GLOCAL e promotora do projecto CRER, no mercado de soluções organizado em parceria com a Federação Minha Terra e o projecto GLOCAL Acção 3.


O mercado de soluções é uma actividade desenvolvida no âmbito das actividades da Acção 3 do projecto GLOCAL (www.iniciativaglocal.eu), que vai possibilitar a troca de experiências sobre projectos desenvolvidos com apoio da Iniciativa Comunitária EQUAL, que possam ser incorporados por entidades de apoio ao desenvolvimento local, nas áreas de quailifiacção para o terceiro sector, artesanato, comercialização de produtos e criação de empresas e empreendedorismo.

Inscrições e esclarecimentos

MINHA TERRA:
Tel. +351 21 7819230
Fax. +351 21 7819232
E-mail: Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript ativado para o visualizar

As experiências/produtos em análise são:

Três experiências sobre empreendedorismo, já que há uma forte ligação entre empreendedorismo e desenvolvimento local e as vantagens em promover o empreendedorismo através de medidas locais são evidentes: as acções podem ser mais orientadas para as necessidades específicas de uma região e dos seus negócios e o envolvimento de um largo número de actores pode mobilizar uma multiplicidade de competências. Um grande número de factores que determinam o aumento e o sucesso do empreendedorismo têm dimensão local: são fortemente afectados por fenómenos locais e são suportados por iniciativas concebidas e implementadas localmente.

A articulação com outras soluções de promoção e apoio ao empreendedorismo, nomeadamente a experiência da parceria do Projecto CRER (ADRIMAG), que Centro de Recursos e Experimentação que contém todos os instrumentos necessários para a replicação, adaptação e incorporação de uma metodologia integrada de apoio ao empreendedor. A metodologia do CRER, incorpora a metodologia de apoio a empreendedores para a elaboração do plano de negócios e criação de empresas, desenvolvida pelas “boutiques de gestion” e a metodologia para teste e experimentação de ideias de negócio, antes da criação formal da empresa, desenvolvida pelas “couveuses”.
Para mais informação: http://www.crer.pt/pt/

O projecto PROVE – Promover e Vender, desenvolveu e testou um sistema de comercialização de proximidade de produtos agrícolas, que permite afirmar a competitividade dos pequenos produtores locais, facilitando-lhes o acesso a um nicho de mercado, contribuindo para a manutenção da actividade rural e consequentemente das terras agrícolas e para a sustentabilidade e revitalização social e económica dos territórios. O documento Contributo para um Processo Territorial de Proximidade sistematiza as etapas e resultados do projecto e que tem como principal objectivo divulgar a metodologia de intervenção do projecto PROVE na promoção de novas formas de comercialização de circuito curto, entre pequenos produtores e consumidores, de modo a contribuir para a resolução dos problemas de escoamento dos produtos locais e melhorar as relações de proximidade entre quem produz e quem consome. Com este guia, os mediadores do processo, normalmente agentes de desenvolvimento, têm acesso a um conjunto de instrumentos, indicações, referencias e exemplos, que permitem auxiliar na mobilização, organização, dinamização e implementação do sistema de comercialização.
Para mais informação: http://www.prove.com.pt/

A Iniciativa O GLOCAL inicialmente centrada na região de Trás-os-Montes, envolvendo a UTAD, o NERVIR entre outros parceiros, para além da SPA uma empresa de consultoria que coordena o projecto, desenvolveu um conjunto de instrumentos de apoio ao empreendedorismo, entre os quais se destaca, numa primeira fase o SIM - Sistema de Microcrédito para Auto-emprego e a Criação de Empresas e o SISE – Sistema Integrado de Suporte ao Empreendedor, e na segunda fase o Empreender em Rede, o “Programa Premium - criatividade, competência e sustentabilidade” e a metodologia de mapeamento das actividades concelhias. Estas soluções incorporadas na integra ou parcialmente, serão de particular utilidade no futuro próximo, porquanto os planos estratégicos submetidos pelas ADL têm obrigatoriamente uma forte componente de apoio à criação de micro-empresas. Pretende-se também apoiar alguns GAL na elaboração de Planos de Intervenção Local para o Empreendedorismo (PILE).
Para mais informação: http://www.iniciativaglocal.eu

O Modelo de intervenção C3 e o Projecto D3, que traduzem o percurso da MINHA TERRA, enquadrada numa parceria alargada, para o desenvolvimento e a experimentação de ferramentas metodológicas para a qualificação das organizações do 3º. Sector. Os resultados alcançados deram corpo ao projecto Q3 – Qualificação do 3º Sector (recentemente aprovado no POPH) que, através da consultoria-formativa, pretende a melhoria organizacional das organizações da economia social, entre estas, as associações de desenvolvimento local.
Para mais informação:
C3 - http://www.c3.com.pt;
D3 - http://www.d3.ipn.pt;
Q3 - http://www.q3.org.pt (em construção)

O projecto R.Au.L – Rotas do Ouro e Linho, pretendeu desenvolver um conjunto de ferramentas participativas e integradas de promoção de produtos tradicionais e dos territórios envolvidos, nomeadamente um guia metodológico, onde se podem encontrar as principais fases de desenvolvimento de um modelo promocional dos produtos e dos territórios, estando em destaque o modelo teórico-prático que resulta da experimentação feita com dois produtos artesanais (Linho e Ouro) e dois territórios (Terras de Bouro e Póvoa de Lanhoso) sendo possível, ainda, verificar os factores críticos ao desenvolvimento da mesma. Constitui-se como um modelo de serviço, promoção e valorização de artes artesanais/tradicionais e/ou territórios que pretende responder às necessidades do público-alvo conduzindo à sustentabilidade do sector artesanal/tradicional e/ou dos territórios. Contem uma aplicação de exploração da “Rota do Linho e do Ouro” com a geo-referenciação dos pontos relevantes que permite ao utilizador identificar diversos pontos de interesse e traçar o percurso que pretende fazer.
Para mais informação: http://www.rotasdolinhoeouro.com/
 

Estamos em processo de adoção do novo acordo ortográfico.