ADRIMAG

Temos 52 visitantes em linha
Entrada
Âmbito Geral


Feriado Municipal Versão para impressão Enviar por E-mail
Quinta, 26 Abril 2012 18:36

Informa-se que, devido ao feriado Municipal em Arouca, a ADRIMAG estará encerrada dia 2 de Maio, quarta – feira.

 
Plano de Actividades e Orçamento 2012 Versão para impressão Enviar por E-mail
Quarta, 11 Janeiro 2012 10:16

Caros associados podem consultar aqui o PLANO DE ACTIVIDADES E ORÇAMENTO 2012 DA ADRIMAG.

PAO ADRIMAG 2012

 
Feliz Natal Versão para impressão Enviar por E-mail
Quarta, 21 Dezembro 2011 17:56
 
"Entre o Céu e a Terra" Versão para impressão Enviar por E-mail
Segunda, 07 Novembro 2011 15:53

No passado sábado, 05 de Novembro de 2011, foi levada a cabo a apresentação do documentário “Entre o céu e a terra “ - Os Trabalhos de Manuel do Palheiro", no Teatro Helena Sá e Costa. Este documentário é da autoria de Dânia Lucas, desenvolvido no âmbito do Mestrado em Cinema Documental e financiado pela ADRIMAG  através do Plano de Aquisição de Competências e Animação do Território (PACA) - PRODER.

A temática central deste documentário é a vida harmoniosa do Homem com a Natureza personificada pela figura do pastor, Manuel do Palheiro, residente na aldeia de Albergaria da Serra  e que diariamente ruma à Serra da Freita onde  alimenta o sustento e sentido de uma vida. Um retrato vivo do que ainda é o nosso mundo rural, não só das Serras do Montemuro, Gralheira e Arada , mas também do resto de um Portugal rural.

Está prevista, em data a definir, a apresentação deste documentário em Arouca, concelho que viu nascer, Manuel Tavares da Venda – Manuel do Palheiro, a personagem deste filme.

Vale a pena ver pois dá que pensar!

 
AROUCA É CAPITAL INTERNACIONAL DO GEOTURISMO Versão para impressão Enviar por E-mail
Sexta, 14 Outubro 2011 09:39

O Território «Arouca Geopark» classificado pela UNESCO é o cenário perfeito para acolher o Congresso Internacional de Geoturismo, que decorre, de 9 a 13 de Novembro, no Mosteiro de Arouca. É no interior deste, que é considerado como o maior monumento granítico em Portugal [e um verdadeiro «geomonumento»], que terá lugar este importante debate sobre o Geoturismo. 

 O Geoturismo é um segmento emergente do turismo de Natureza, que tem vindo a captar o interesse de um número cada vez maior de turistas e agentes turísticos. O geoturismo tem, assim, como público-alvo, pessoas mais exigentes e informadas, que procuram, acima de tudo, experimentar, aprender e desfrutar do património geológico, cultural e natural. 

 Durante cinco dias, especialistas internacionais nesta área emergente do turismo, que alia a vertente turística à envolvente paisagística/natural e científica, debatem o tema e estimulam o conhecimento da Geodiversidade, da Geoconservação e do desenvolvimento de novas sinergias, para o desenvolvimento de novos destinos turísticos e de novos produtos associados ao geoturismo. Jonathan B. Tourtellot, Editor sénior da National Geographic, e Nicholas Zouros, presidente da Rede Europeia de Geoparques, são dois dos oradores principais deste evento. 

 A um mês do Congresso é apresentada uma nova imagem e um programa que promovem uma dinâmica de envolvimento de um conjunto de parceiros do destino Porto e Norte de Portugal, entre os quais se encontram entidades públicas e privadas, num estreito e profícuo trabalho de parceria. Para além da apresentação de comunicações e posters, estão também previstas diversas saídas de campo, no Arouca Geopark e na região do Douro. 

 O prazo de inscrições para o Congresso Internacional de Geoturismo decorre até 20 de Outubro e as inscrições podem ser formalizadas aqui. 

A propósito desta iniciativa inovadora e ambiciosa, a vereadora da Câmara Municipal de Arouca e presidente da Associação Geoparque, Arouca, Margarida Belém, considera que «este evento configura-se como um marco na consolidação do geoturismo enquanto marca diferenciadora do Porto e Norte de Portugal». Sobre o facto de esta iniciativa decorrer num território de elevado interesse geológico, Margarida Belém destaca que «os territórios classificados como geoparques, pertencentes às redes europeias e global de geoparques, sob os auspícios da UNESCO, são destinos de excelência para o desenvolvimento do Geoturismo, aliando, turismo, ciência e conhecimento, proporcionando novas experiências e novas oportunidades, permitindo diversificar a oferta, combinando valores inerentes ao território».

2 circular

 


Pág. 12 de 20

Estamos em processo de adoção do novo acordo ortográfico.

Montanhas Mágicas 2020