ADRIMAG

Temos 26 visitantes em linha
Entrada
Rede de Geo-empresários reune em Bauges Geopark - França Versão para impressão Enviar por E-mail
Sexta, 19 Abril 2013 17:28

No âmbito do projeto Geotourism for Sustainable Development, integrado na Cooperação LEADER para o Desenvolvimento, decorreu de 10 a 12 de abril um seminário de cooperação no complexo turístico L’Eau Vive-Lescheraines, em pleno coração do Parc Naturel Régional du Massif de Bauges - Geopark, França.

Este seminário teve como principal objetivo promover o intercâmbio entre três geoparques que integram este projeto de cooperação transnacional (Arouca Geopark, Bauges Geopark e Luberon Geopark), possibilitando a partilha de boas práticas, a troca de conhecimento sobre a sustentabilidade de projetos turísticos em territórios European and Global Geoparks e permitindo trabalhar as 3 ações prioritárias da parceria: ações de formação em geoturismo direcionadas para profissionais do turismo; desenvolvimento do geoturismo em torno de medidas inovadoras e que integrem uma nova dimensão do espaço e do tempo nos geossítios; criação de ferramentas de promoção do geoturismo direcionadas para o grande público e para as escolas.

A delegação portuguesa foi composta por representantes do setor turístico, tendo sido a hotelaria representada por Alfredo Peres (Quinta da Vila), a restauração por António Lacerda (O Pedrógão), a animação turística por Rafael Soares (Clube do Paiva) e produtos regionais por Pedro Tomé (A. Teixeira Pinto), presentes ainda Catarina Prado, gestora do projeto e representante da ADRIMAG, António Duarte, coordenador executivo e Ricardo Neves, técnico de turismo, da AGA-Associação Geoparque Arouca.

Nas sessões em sala foram debatidos temas relacionados com estratégias de comunicação para esta parceria, organização e qualificação da oferta dos parceiros e mesmo o funcionamento desta rede de geo-empresários. Foram ainda realizadas saídas de campo e visitas a projetos inovadores com o intuito de sensibilizar e dar a conhecer diferentes formas de trabalhar o património natural e cultural permitindo a sua interpretação e a sua transmissão.

Este seminário internacional estimulou o debate em torno das atividades económicas em espaços protegidos e classificados, e o seu papel nos destinos de Geoturismo e no contributo para o desenvolvimento sustentável desses territórios.

 

Estamos em processo de adoção do novo acordo ortográfico.

Montanhas Mágicas 2020