ADRIMAG

Temos 48 visitantes em linha
ADRIMAG
 
Entrada
Montanhas Mágicas® | MAGazine nº 18 Versão para impressão Enviar por E-mail
MAGazines
Sexta, 24 Setembro 2021 16:46

As Montanhas Mágicas não são "só" um território. Mais do que tudo, mais do que nunca, as Montanhas Mágicas são as pessoas que as habitam. É essa a marca principal da ADRIMAG, bem explícita no logotipo que nunca quisemos alterar ou reformular, ao longo dos nossos 30 anos de existência e que este ano assinalamos. Nesse logotipo, a paisagem compõe um rosto. Foi esse, desde o início, o nosso foco, o nosso desígnio. Nenhum território progride, evolui, sem esse dado imprescindível e basilar: AS PESSOAS.

Nesse sentido, e ainda com uma pandemia presente, dedicamos esta edição ao trabalho continuado dos Contratos Locais de Desenvolvimento Social de 4ª Geração coordenados pela ADRIMAG, nos seis territórios que estes abrangem: Arouca, Castelo de Paiva, Castro Daire, São Pedro do Sul, Sever do Vouga e Vale de Cambra, cujos presidentes de câmara quisemos ouvir, relativamente ao impacto do trabalho das diversas equipas nos seus municípios, assim como as suas perspetivas de futuro, no que concerne ao contributo que estes projetos podem dar, no sentido da melhoria de vida das comunidades em que estão inseridos.

Cumprindo as sucessivas normas sanitárias em vigor, procedendo a todas as adaptações possíveis e fazendo uso de uma criatividade sem precedentes, os CLDS 4G coordenados pela ADRIMAG tiveram sempre bem presente o seu e nosso foco: AS PESSOAS. Por isso, nos seus diversos raios de ação, os nossos Contratos Locais de Desenvolvimento Social continuaram a fazer o que fazem melhor: agiram, fizeram acontecer, não se resignaram às circunstâncias excecionais que atravessámos. Apoiaram as famílias, foram sempre uma palavra amiga e disponível para os idosos em isolamento, acompanharam as pessoas em situação de desemprego, desenvolveram iniciativas de índole
ambiental, foram sinal de futuro e de esperança para as crianças e para os jovens. Uma enumeração que constituiria, por si só, todo o editorial. Mas, melhor do que essa enumeração, serão as páginas que se seguem, com alguns exemplos do que foi possível fazer acontecer nos seis concelhos, não obstante o contexto pandémico e tudo o que o mesmo implicou.

Tempos desafiantes e difíceis têm em si a particularidade de nos fazer medir bem a matéria de que somos feitos e de procurarmos estar à altura das circunstâncias enquanto indivíduos, enquanto coletivo. Na ADRIMAG, a celebrar 30 anos num ano atravessado por uma pandemia, este tempo é o de contemplarmos (orgulhosos) o passado e de olharmos (esperançosos) o futuro. Sempre com o nosso foco bem presente: AS PESSOAS. Foi por isso que tudo começou há trinta anos, no dia 27 de agosto de 1991. É por isso, também, que a ADRIMAG continuará!

Com um forte abraço e votos de muita saúde,

Até breve!

João Carlos Pinho

Nota: A revista em formato papel já se encontra disponível gratuitamente nos locais habituais (Sede da ADRIMAG e Postos de Turismo dos 7 municípios).

Clique para ver a edição on-line
 
Encontro da Lusofonia: “Os desafios da Cooperação em contexto de pandemia” Versão para impressão Enviar por E-mail
Projectos de Cooperação
Terça, 29 Junho 2021 16:20

No âmbito do projeto de cooperação transnacional “Terras da Lusofonia”, a ADIRN enquanto entidade coordenadora e o Município de Torres Novas, bem como os restantes vinte parceiros deste projecto, dos quais o GAL ADRIMAG faz parte,  irão realizar o Encontro da Lusofonia, que decorrerá nos próximos dias 1 e 2 de julho na Biblioteca Municipal de Torres Novas.

Este encontro contará com a presença do Senhor Ministro das Comunidades de Cabo Verde, Engº Jorge Santos bem como a Senhora Secretaria de Estado Secretária de Estado das Comunidades Portuguesas, Dra Berta Nunes. O Senhor Secretario de Estado da Cooperação marcará a sua participação através de mensagem previamente gravada.

O tema principal em debate será: “Os desafios da Cooperação em contexto de pandemia”.

No painel um será dada voz às experiências em curso de cooperação entre os GAL (Grupos de Acção Local) e as ONG dos países lusófonos, com especial destaque para a participação online de parceiros de Cabo Verde, Guiné, São Tomé e Príncipe e Brasil. No painel dois será dada voz aos municípios, estando confirmada a presença do Senhor Presidente da Camara de Ribeira Grande, Eng. Orlando Delgado que dará testemunho da geminação do Municipio da Ribeira Grande em Santo Antão com Torres Novas, estando ainda representados outros municípios dos territórios parceiros que apresentarão as suas experiências no âmbito desta temática, em que o objetivo será a articulação dos diversos instrumentos de cooperação para otimizar o desenvolvimento dos territórios. Neste painel serão ainda apresentadas experiências de intercâmbio cultural e científico, nomeadamente na área do ensino universitário, contando desde já com a participação do Instituto Politécnico de Tomar, Universidade de Aveiro e Escola Agrária de Coimbra.

O Painel três será dedicado a perspetivar o futuro da cooperação no Quadro de Apoio 2030. Aqui serão apresentadas as conclusões dos Grupos de Trabalho organizados no dia anterior entre os participantes, mas também com as entidades da tutela, confirmando-se a presença do Engº. Rui Rafael, coordenador da área do desenvolvimento Local da AGPDR2020, bem como da Presidente da Federação Minha Terra, Engª Ana Paula Xavier.

O projeto de cooperação Terras da Lusofonia, insere-se na medida 10.3 – Cooperação dos GAL  do PDR2020, tendo como parceiros 21 entidades portuguesas (GAL – Grupos de Ação Local): ADIRN; ADDLAP; ADRIMAG; ADRIMINHO; ADL; ADRACES; ADER-AL; AVEIRO NORTE (AIDA); AVEIRO SUL (AIDA); APRODER; ADRITEM; BEIRA-DOURO; COIMBRA MAIS FUTURO; DESTEQUE; DUECEIRA; MONTE; PINHAL MAIOR; RUDE; SOL DO AVE; TAGUS; TERRAS DE SICÓ quatro parceiros de Cabo Verde: AGRORIG; COOPERATIVA MULHERES DO SAL – A INCUBADORA; ASSOCIAÇÃO DOS AMIGOS DA NATUREZA DE S. VICENTE; PROEMPRESA, um parceiro do Brasil, INSTITUTO GARBAGE e um parceiro de S. Tomé e Príncipe.

Apresenta como objetivos principais: Implementação e animação da "Casa da Lusofonia"; Disseminação e transferência de conhecimentos e competências; Fomento de trocas culturais e comerciais; Inclusão social; Estímulo à expansão dos agentes económicos; Apoio á criação de entrepostos comerciais; Reforço da capacidade técnica de gestão e coordenação; Consolidação de parcerias com entidades nos diferentes países parceiros; Promoção e divulgação dos territórios parceiros.

Transmissão em direto aqui.

Cartaz / Programa


 
ADRIMAG LANÇA CONCURSO DE FOTOGRAFIA “MONTANHAS MÁGICAS, 2021 – PATRIMÓNIO, PESSOAS E PAISAGENS” Versão para impressão Enviar por E-mail
Âmbito Geral
Segunda, 10 Maio 2021 17:01

ALTERAÇÃO

Informamos que o Regulamento do Concurso de Fotografia “Montanhas Mágicas 2021 – Património, Pessoas e Paisagens” foi alterado, tendo o prazo para participação no concurso sido alargado até 31 de agosto de 2021. Foi também retirada a restrição quanto à data em que a foto é captada. Todos os participantes que já concorreram e que pretendam alterar a sua participação devem enviar um novo e-mail com a sua nova proposta a concurso.

 

No âmbito do Programa das Comemorações dos seus 30 Anos, a ADRIMAG promove o concurso de fotografia “Montanhas Mágicas, 2021 – Património, Pessoas e Paisagens”, em parceria com os Municípios de Arouca, Castelo de Paiva, Castro Daire, Cinfães, São Pedro do Sul, Sever do Vouga e Vale de Cambra.

O Concurso tem como principais objetivos:

1. promover a descoberta, valorização, preservação e divulgação dos múltiplos patrimónios existentes no território abrangido pelas serras do Montemuro, Freita, Arada e Arestal - Montanhas Mágicas;
2. promover o desenvolvimento da criatividade no âmbito da arte fotográfica;
3. promover a visitação turística do território, por via da projeção e visibilidade dos seus recursos;
4. organizar uma exposição itinerante das fotografias vencedoras nas diversas categorias, pelos 7 municípios abrangidos pelo concurso.

O concurso decorre de 10 de maio a 30 de junho de 2021 e está aberto a fotógrafos profissionais e amadores, de nacionalidade portuguesa, com idade superior a 16 anos.

A participação é gratuita.

Participe nesta iniciativa e ganhe prémios!

 

Regulamento
Ficha de Participação
Cartaz
KMZ da Rota da Água e da Pedra
Alteração ao Regulamento
 
DLBC - Abertura de Candidaturas - 10.2.1.2 | 10.2.1.6 Versão para impressão Enviar por E-mail
DLBC
Sexta, 16 Abril 2021 10:00

Informamos que as candidaturas às medidas  10.2.1.2 e 10.2.1.6 do PDR2020, para o território das Montanhas Mágicas, decorrem entre as 10H00 do dia 16 de abril de 2021 e as 14H59m do dia 21 de maio de 2021 conforme anúncio aqui publicado:

 

- Aceder ao Balcão do Beneficiário - PDR2020

VER ANÚNCIO
 
Parabéns LEADER (*)! Versão para impressão Enviar por E-mail
Âmbito Geral
Sexta, 19 Março 2021 15:36

Há 30 anos, com a aprovação, a 15 de Março e a publicação a 19 de Março de 1991, pela Comissão das Comunidades Europeias de uma “iniciativa, com valor demonstrativo, relativa ao desenvolvimento rural”, denominada LEADER, iniciou-se uma transformação societal nos territórios rurais da Europa, que já saltou fronteiras e é uma marca associada à qualidade de vida, à dignidade, à equidade e à democracia nas zonas rurais.

Para celebrar esta data, a Federação Minha Terra e os Grupos de Acção Local irão organizar durante o ano de 2021 um conjunto de iniciativas de reflexão e partilha sobre o Desenvolvimento Local em Portugal e preparar os próximos 30 anos do LEADER.

Porquê? Porque acreditamos no LEADER!

Enquanto abordagem diferenciadora que deve estimular a concepção e implementação de projectos-piloto, o carácter inovador e demonstrativo, a integração dos agentes e a governança local;

Como forma exemplar de proximidade às comunidades; como método de envolvimento eficaz, conjugando interesses, anseios e expectativas locais; como as intervenções que, mesmo com dificuldades de implementação e crises conjunturais, permite aprendizagem constante e afecto territorial;

Quando observamos projectos que, com co-financiamentos reduzidos, criam emprego e dinamizam as economias locais nos mais diversos sectores de actividade, suportam colectividades nas suas múltiplas acções a favor das comunidades, que revitalizam aldeias e vilas, qualificam espaços de encontro e de memórias locais;

E nas suas redes de ligação, de trabalho e de partilha de experiências, que se traduzem em iniciativas concretizadas em cooperação e parceria com outros territórios e organizações, promovendo ganhos de escale e/ou complementaridades, mas também afectos, amizades e compreensão e tolerância com a diferença;

Como metodologia que se reforça, se renova e se recria e que, como tal, nos lança permanentemente novos desafios como os dos impasses programáticos, dos afunilamentos regulamentares, das perspectivas sectorializadas, que limitaram a criatividade e inovação das comunidades e nos territórios.

30 anos volvidos continuamos a acreditar no LEADER – com a maturidade e experiência que o tempo e acção nos foi conferindo – centrado e próximo das PESSOAS e das COMUNIDADES, a trabalhar para o Desenvolvimento dos TERRITÓRIOS.

(*) Há acrónimos que ganham vida própria, neste caso vale a pena relembrar
LEADER - Ligação Entre Acções de Desenvolvimento da Economia Rural

Ana Paula Xavier - Presidente da Direcção da Federação Minha Terra

Fonte: https://www.minhaterra.pt/parabens-leader.T13664.php

 

Estamos em processo de adoção do novo acordo ortográfico.


EMERN-Q Inscrição

Centro QUALIFICA-ADRIMAG

MAGazine | On-line

Projectos em curso

ADRIMAG no Facebook